domingo, 28 de setembro de 2008

Doce solidão!!

Se eu acreditasse em outras vidas, diria que, fiz algo de muito, mas muito grave, pra carregar hoje, como castigo, o sentimento da saudade...
(rimou... rsrs)
Já senti tantas dores. Doeu quando tranquei o dedo numa porta, quando bati com o queixo no chão, cortei a boca e quebrei um dente. (aconteceu!! rsrs) E como dói torcer o tornozelo. Um tapa, as vezes dado sem querer dói. Pontapé também dói. Ah, e quando a gente bate com a cabeça na quina da mesa, ou na porta do armário, ou quando a gente morde a própria língua. Cólica dói demais, cárie dói, e dói demais. Mas não há nada tão insuportável a mim, como a dor da saudade.
Ah saudades...
Saudades de parentes que moram longe, da cachoeira lá da colônia de férias, do gosto da carambola colhida no pé... Saudade do meu vô que já não está mais aqui, até de alguns amigos, que nem chegaram a passar do plano virtual... Saudades de São Lourenço, saudade da gente mesmo, que o tempo não perdoa.
Como doem estas saudades!! Mas a saudade que sufoca é a saudade de quem se ama. Saudade é coisa de pele, saudades é coisa de cheiro, saudade dos beijos.
Saudade é coisa de presença, saudade boa só tem uma, da ausência consentida.
Saudade boa é você está no quarto e sentir falta de quem está na sala, você não vê, as vezes nem ouve, mas sabe que está lá.
Eu podia ir ao supermercado, a faculdade, mas sabia-se onde. Podia não te ver, mas sabia que o amanhã iria chegar e você, estaria junto dele. Contudo, quando o amor de um acaba, ou torna-se menor, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.
Saudade é basicamente não saber. Não saber mais se ele ou ela continuam fungando num ambiente frio. Não saber se ele continua fazendo a barba por causa daquela alergia. Não saber se ela ainda usa aquela saia que você achava curta demais. Não saber se ele foi à consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ela tem comido bem por causa daquela mania de estar sempre culpada. Se ele tem assistido às aulas de inglês, se aprendeu a entrar na internet, a encontrar a página do Diário Oficial... Se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se continua trocando o jantar por um lanchinho e detestando queijo ralado. Se ele continua amando, se ela continua a vibrar quando seu time ganha.
Saudade é não saber mesmo!! Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos. Não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento. Não saber como frear as lágrimas diante de uma música, de uma foto, de um cartão... Não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
É não saber se ela está feliz, e não ter a quem perguntar por isso... É querer saber detalhes sabe, saber se ele está mais magro, se ela está mais bela... é cuidado, é carinho, é atenção.
Saudade é nunca mais saber de quem se ama, e ainda assim doer.
Saudade é isso que eu estive sentido enquanto escrevia e o que você provavelmente estará sentindo depois que acabar de ler.
Isso é saudade e é tudo que sinto quando penso em você!!
[adaptação de um texto do Falabella]
*Hoje o post é sem imagem, porque meu retrato está borrado...

Um comentário:

Kelzinha disse...

Nossa...que forte. Saudade é um sentimento nobre, eu não sei,mas apenas acho isso. Saudade...

SABE DA ÚLTIMA!?

SABE DA ÚLTIMA!?
A Fadinha deseja um Ótimo 2011

†.••๋°●Gιℓ●°•๋•.†

Clara [Casimiro de Abreu]
Não sabes, Clara, que pena eu teria se — morena tu fosses em vez de clara!
Talvez... quem sabe... não digo... mas refletindo comigo talvez nem tanto te amara!
A tua cor é mimosa, brilha mais da face a rosa tem mais graça a boca breve.
O teu sorriso é delírio...
És alva da cor do lírio, és clara da cor da neve!
A morena é predileta, mas a clara é do poeta: assim se pintam arcanjos.
Qualquer, encantos encerra, mas a morena é da terra enquanto a clara é dos anjos!
Mulher morena é ardente: prende o amante demente
nos fios do seu cabelo; — A clara é sempre mais fria,
mas dá-me licença um dia que eu vou arder no teu gelo!
A cor morena é bonita, mas nada, nada te imita nem mesmo sequer de leve. — O teu sorriso é delírio...
És alva da cor do lírio, és clara da cor da neve!

☺ VOLTE SEMPRE!! ☻

☺ VOLTE SEMPRE!! ☻
Obrigαdα pєlα visitiиhα!!