segunda-feira, 30 de junho de 2008

●Mє єnтєиdα●


Agora todo mundo tem orkut, flog, blog, fotolog, e por aí vai mais diversas formas de criar uma identidade nova. "Sem precisar se tornar um fake", a virtualidade proporciona a idéia de deixar vc ser simplesmente o que vc aparenta ser, ou não...

Esse não é um post de críticas, de acepção, nem é dirigido indiretamente pra alguém, nem por coisa alguma. Apenas surgiu... Fazer o que, sofro de imaginação... hehehe

São palavras, apenas. Um questionamento a cerca de como é difícil pertencer a alguma coisa.

Sempre que vc faz pose ou cara de santinha encostadinha num lugar qualquer, chove idiotas. Sempre que vc se acaba que nem uma retardada dançando, suando e borrando a maquiagem, vc afasta os "play's". Graças a Deus neh!!

Não suporto "play's", e suas namoradinhas "fadinhas", e aquele cabelinho espetado que, como dizem por aí, não passa de "alça" pra pagar um...

Bom, não me cabe escrever aqui... hehehe

Mas nem tudo está perdido...

Tem a galera punk/rock/grunge, que usam piercings e não passam a certeza de um banho recente. Mas, definitivamente essa não é a minha. Quem me conhece sabe que sou movida a rock and roll, mas pra isso não preciso aderir a tribo e nem consigo, também não quero.

Aí tenho que falar dos ratos-de-boate, que faz aquela fila de semelhantes na porta da Nuth, ou em alguma boate Zona Sul, enche a cara de whisky com red bull, acha a maior graça em dar de cara sempre com as mesmas caras, e distribui "flyers". A palavra "flyer" me dá vontade de encarnar um personagem de vídeo-game e sair metralhando todo mundo. (kkkkk, exagero)

Parece mentira, mas eu até gosto de praia. Poxa, o mar é um espetáculo da natureza, mas qual a quantidade de neurônios da galerinha de fala lenta e cabelo parafinado?

Aí, a classe proletária, ou seja, sem piscina em casa e sem carteirinha de algum clube decente, fica com essa cor de parede, pq não vou arrastada nem à força.

E falando em praia... lembro da galera "micareta". Micareteiros pega 30... Pessoas e doenças neh! Credo!

Vamos então pro mundo LAPA... Chegamos aos barzinhos "MPB". Aff, tbm não dá. Eu gosto muito de Maria Rita, Djavan e tudo mais, mas a idéia de ouvir: "Me leeeva amoooor... Por onde for, quero ser seu paaar" é a morte!!

E tem ainda a galera das "balas"... O que exatamente é uma pessoa que espera "bater" pra começar a se divertir? E o papo é assim... "E ai, bateu?"A resposta... "Tá batendo, tá batendooo!".

Que po**a é essa? Um concurso de quem se... bom... deixa estar...

Mas então, eu gosto muito da música eletrônica, mas rave nem de graça viu. Aquelas garotas de mini saia, bota de astronauta, pirulito na boca e bonezinho dançando o tal do rebolation, gastando os dentes, de olhos esbugalhados... Eita! Me dá até medo!

Talvez meu problema seja não usar nenhum tipo de droga, é o tempo todo na realidade, ter sempre o controle me cansa demais. Mas ficar com cara de noiado e fazer fila pra vomitar não é comigo, sou careta mesmo, fazer o que?!

Então... seria eu uma NERD?! Não né... Não aguento quem acorda cedo e se comporta sempre com muito equilíbrio. É, eu nunca serei a namorada perfeita mesmo, que nem tem naquelas comunidades "orkutianas" cheias de posturas, beicinhos e educações. Meninas meigas, que jamais descem do salto, mas que tratam mal os garçons e adoram olhar bundas de homens. É, bem ali onde fica a carteira.

"Irai-vos, mas não pequeis".

Quem nunca perdeu a linha, quem nunca disse um palavrão pra aliviar a tensão... Às vezes, confesso que é assim que economizo a terapia. Nunca fui da turma dos Nerds gente, impressionante. Sempre estudei muito, mas tenho coleção de média 5 também...

Apesar da minha timidez e ser difícil me enturmar, sempre acabava (acabo) com aquele grupinho do tormento. Sempre tinha um amiguinho que falava "vc até podia ser minha namoradinha se não fosse estranha". E hoje em dia eu digo pra ele "vc até podia ser interessante se não fosse tão normal".

O mundo inteiro é mais um em meio a tantos. Prefiro ser única no meio do nada.

Tem o grupo que nem pensa em largar a maconha para começar a trabalhar, e compra sua ervinha com o dinheiro do papai. Troço fedido, que deixa a pessoa com a cara do babaca (que é mesmo), achando que aquilo é o máximo, que é símbolo de liberdade!

Tem as atrasadas mentalmente que com 20 anos nas costas colecionam ursinhos... tem as cachorronas em suas calças brancas agarradas e atochadas no (X) atrás de uma banda de pagode ou qualquer merdinha do gênero.

Tem também a pior espécie do mundo: as que de tanto ser contra o machismo acabam virando assexuadas. Mulher que não precisa de "H", vira a típica "isso é falta de 'H'".

Me recuso a ser uma das que malham a bunda o dia inteiro na academia e pertencer à tribo das que nem precisam abrir a boca para chamar a atenção. A propria Sheila Carvalho, eleita a mulher mais sexy por 3 vezes consecutivas diz: Saio na playboy, mostro meu corpo belo, mas as celulites desaparecem só com ajuda do "photo shop".


Viva as diferenças!!


Não consigo me encaixar em uma tribo qualquer pra vida parecer pintada sempre com as mesmas cores, musicada no mesmo estilo... por mais gótico que seja a maneira de viver, isso é muito pequeno príncipe. Ali, seu mundo, seu planeta. Chega ser um modo de vida meio autista. Não faz ninguém ser menos idiota...

Todos os dias tomo um tapa na cara e sou obrigada a dar a outra face, porque fujo aos padrões, bio-psico-sociais (a gordinha, branquela, sem olhos claros, com cabelo liso sem chapinha, psicóloga cheia de incertezas, crente, mas que usa calça cumprida, sempre com falas seguras, mas cheias de dúvidas por dentro, detestavelmente adorada, ligeiramente preguiçosa, estupidamente inteligente, integralmente louca, simplesmente complicada, insuportavelmente agradável, ... ... ... ).

Um tapa desses dói, me faz chorar, eu confesso. Mas leio um livro, e ouço um bom som... E aí me convenço, de que sou inteira aqui e não me encontro por baixo de ninguém.

Sei lá gente, nada contra entende! De repente vc gosta de mim... e se encaixa num desses perfis… não fique com raiva...

Eu sofro sendo assim...

Sofro pq quando vc acha mais da metade do mundo babaca, vc passa muito tempo sozinho...



Somente Só.

P.e.a.c.e

Um comentário:

Felipe disse...

Vampirinha, mas quanta revolta!rs.
Calma, pertecemos ao mundo "VIP"!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Viu, temos um grupo só nosso!rsss..


Beijão!
Boa Semana!!!

SABE DA ÚLTIMA!?

SABE DA ÚLTIMA!?
A Fadinha deseja um Ótimo 2011

†.••๋°●Gιℓ●°•๋•.†

Clara [Casimiro de Abreu]
Não sabes, Clara, que pena eu teria se — morena tu fosses em vez de clara!
Talvez... quem sabe... não digo... mas refletindo comigo talvez nem tanto te amara!
A tua cor é mimosa, brilha mais da face a rosa tem mais graça a boca breve.
O teu sorriso é delírio...
És alva da cor do lírio, és clara da cor da neve!
A morena é predileta, mas a clara é do poeta: assim se pintam arcanjos.
Qualquer, encantos encerra, mas a morena é da terra enquanto a clara é dos anjos!
Mulher morena é ardente: prende o amante demente
nos fios do seu cabelo; — A clara é sempre mais fria,
mas dá-me licença um dia que eu vou arder no teu gelo!
A cor morena é bonita, mas nada, nada te imita nem mesmo sequer de leve. — O teu sorriso é delírio...
És alva da cor do lírio, és clara da cor da neve!

☺ VOLTE SEMPRE!! ☻

☺ VOLTE SEMPRE!! ☻
Obrigαdα pєlα visitiиhα!!